BLOG

Mitos e verdades sobre o Transplante Capilar

Blog

O Transplante Capilar é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo realizar a redistribuição dos fios de cabelo, utilizando folículos de regiões saudáveis para compensar as áreas calvas do couro cabeludo. A cirurgia passou por uma grande revolução nos últimos anos e está sendo cada vez mais procurada por homens e mulheres que buscam resgatar sua identidade e a autoestima.

No entanto, apesar de ser uma das cirurgias estéticas mais realizadas atualmente, o Transplante Capilar ainda é cercado de dúvidas e alguns mitos, os quais esclareceremos abaixo.

 

 

  • Os fios são permanentes e continuam crescendo após o procedimento?

 

Sim. Os fios retirados mantém as mesmas características da região de origem. Ou seja, se são retirados da área saudável, mantém-se por toda a vida. O ciclo capilar também continua o mesmo, sendo que os cabelos irão crescer normalmente após o resultado final da cirurgia (12 meses). O corte dos cabelos pode se mantido da maneira que desejar.

 

 

  • Pode-se utilizar o cabelo de outra pessoa para realizar um Transplante Capilar?

 

Mito. Mesmo em gêmeos, esse procedimento é proibido atualmente. Até é possível utilizar fios de outra pessoa no Transplante Capilar, no entanto, seria necessário uso de medicações imunossupressoras para evitar rejeição e grande risco de efeitos colaterais, que não justificaria esta prática. O uso de cabelos artificiais é extremamente prejudicial e não deve ser realizado, por risco de infecção e reações de rejeição a curto ou longo prazo.

 

  • Quanto mais cedo realizar o Transplante Capilar, melhor.

 

Mito. O ideal é que este procedimento seja feito no momento em que o padrão da calvície já está estabelecido ou estabilizado através de tratamento específico, para que o planejamento do procedimento seja mais seguro. Por isso, geralmente indica-se o Transplante Capilar após os 25 anos, em média. É importante ressaltar que só uma avaliação médica presencial poderá dizer se o procedimento é ou não uma indicação no seu caso.

 

 

  • Fiz um Transplante Capilar e não gostei. É possível corrigir um procedimento mal realizado?

 

Sim. Procedimentos cirúrgicos que não foram executados de forma adequada ou que não surtiram o resultado esperado podem ser corrigidos com outra cirurgia. Nestes casos,  os fios implantados são reutilizados para redesenhar a linha de implantação dos cabelos, tornando o aspecto o mais natural possível.

 

 

  • Pacientes com grandes áreas calvas não podem realizar o transplante capilar?

 

Mito! Pacientes com graus elevados da calvície podem sim realizar o Transplante Capilar, obtendo ótimo ganho estético com a redistribuição dos fios. Para isso, é fundamental que o paciente tenha uma boa área doadora e que a expectativa do resultado seja realista, entendendo que a restauração dos cabelos não será ‘completa’.

 

 

  • O médico responsável pelo Transplante Capilar só precisa ter muito conhecimento técnico para realizar este procedimento.

 

Mito. É preciso muito mais do que conhecimento e técnica para realizar um Transplante Capilar. É fundamental que o médico desenvolva um olhar artístico para o desenho da linha de implantação dos fios, reproduzindo de forma fiel e individualizada o aspecto natural de crescimento dos cabelos.

 

 

  • O Transplante Capilar só é indicado para os homens.

 

Mito. O transplante capilar também pode ser uma boa opção para as mulheres que sofreram perdas capilares irreversíveis. Para saber se você é uma boa candidata ao tratamento cirúrgico, a avaliação médica é fundamental, pois através dela serão analisadas questões como as causas e o diagnóstico da queda de cabelo, além da presença de uma área doadora com densidade folicular suficiente para a realização do procedimento.

Todos os Direitos reservados à Clínica Telles. Desenvolvido por Agência Salt.